06/10/2020

“Carta aberta” por Doula Rita Soares

"Carta aberta" por Doula Rita Soares - Yes Mom You Can

“Olá:
Não sei quem és, o teu nome e de que forma chegaste até aqui. Mas, se estás a ler esta carta é,acredito eu, porque queres receber palavras de afeto, encorajamento, empatia e força.
Não sei onde estarás, com quem estarás e qual é a tua posição ou papel, mas espero que ao leresas próximas linhas te sintas calma(o), serena(o), tranquila(o) e entusiasmada(o). E que estaspalavras te tragam muita ocitocina. Isso, se eu pudesse escolher um só desejo para ti (e para o
mundo na verdade!) seria “ocitocina aos pacotes”.
Se estás grávida permite-(me) a curiosidade: Como te sentes? Como estás? E comoestá a ser a vossa viagem?
Quero dizer-te que tudo o que sentes é válido. Gerar vida dentro de nós pode ser avassalador.
E nesta maratona é-te permitido sentires o que quer que seja. Nesta e em todas as maratonas, corridas, passeios e descansos da vida. Sempre, portanto.
Escrevo para te dizer: não estás sozinha! Está a ser duro ir às consultas sem o teu
companheiro/a? Não é como imaginaram, planearam ou te contaram? Eu sei, eu compreendo.
Estás triste e desapontada? Acredito. Mas não estás sozinha!
O vosso bebe está contigo, com vocês. Mas…e os planos? E se o meu companheiro/a não me poder dar à mão durante o trabalho de parto ou enquanto assistimos ao nascimento do nosso filho? Eu compreendo. Mas não estás sozinha!
Mais do que isso quero dizer-te: Tu consegues. Tu és capaz. Outra vez, mais devagar e depois de respirar fundo: Tu consegues! Tu és capaz!
Então, e quem me vai dar a mão? Quem me vai amparar a dor? Não sei. Informa-te, procura ferramentas e pensa em soluções, mas no fim, confia.
Quero dizer-te que caso não tenhas ninguém que escolheste no momento do nascimento do teu bebe, nunca estarás sozinha. Não precisas de ninguém. Respira. Ouve e conversa com o teu bebé. E usufrui. Sim, usufrui. Dança. Ri. Chora. Diverte-te. É o teu momento. O vosso momento. É único e irrepetível. E vocês merecem-no!


És a melhor Mãe que o teu bebé poderá ter, sempre!


Se és o pai ou o companheiro/a que não pode estar presente nas consultas ou no momento do nascimento do vosso bebe, lamento, de verdade! Diz-me, como te sentes? Estás triste? Frustrado e zangado? Eu sei, como te compreendo.
Não estar presente neste momento único e irrepetível da vossa vida está a ser desanimador? Eu sei, mais do que isso o teu bebé sabe.
Conversa com ele. Diz-lhe como gostavas de lá estar. Confessa à tua companheira como te sentes, o quanto a amas e admiras pela sua força e coragem. Aproveita. Dança com eles.
Namora. Diverte-te e confia.
Ser pai e mãe é ter a oportunidade de todos os dias, viver infinitos momentos únicos e irrepetíveis com o grande amor das nossas vidas. Confia no colo que serás, nos abraços e brincadeiras que terão. E acredita que essa será a maior e melhor vinculação que poderás oferecer ao teu bebé e à tua família.


És o melhor Pai que o teu bebé poderá ter, sempre!


UAU! Parabéns por teres a coragem de abraçar esta viagem. Obrigada por trazerem ao mundo mais um bebé, mais uma pessoa que permitirá dar continuidade à nossa espécie. Mil vezes obrigada!
A ti, estou aqui!
Rita

Conhece e sente a Rita em: https://vidamacro.pt/rita-soares-doula-por-ti/

Share on facebook
Partilha no Facebook
Share on twitter
Partilha no Twitter
Share on linkedin
Partilha no LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *